Distúrbios respiratórios do sono | ResMed

Distúrbios respiratórios do sono

Os distúrbios respiratórios do sono (DRS) são caraterizados por padrões respiratórios anómalos, ou pausas na respiração, e por ventilação insuficiente durante o sono. Alguns dos tipos mais comuns de distúrbios respiratórios do sono incluem a síndrome da resistência das vias aéreas superiores (SRVAS) e a síndrome da apneia-hipopneia obstrutiva do sono* (SAHOS), também conhecida como apneia obstrutiva do sono (AOS). Se os seus pacientes sofrem de perturbações do sono, é muito provável que tenham um sono fragmentado e pouco reparador, sofram de fadiga durante o dia e de uma qualidade de vida mais reduzida. Não estão sozinhos: um em cada cinco adultos sofre de algum tipo de distúrbio respiratório do sono.1

Saiba mais acerca de distúrbios respiratórios do sono

O ronco pode ter efeitos negativos nas vidas dos pacientes. Frequentemente, não são estes os primeiros a perceberem que têm um problema, já que as queixas vêm dos parceiros com quem dormem.

O primeiro indício de um distúrbio do sono, como a apneia do sono, é o ronco, embora muitos pacientes não o identifiquem como um sinal de algo mais grave. Existem também outros sintomas frequentes.

Existem três tipos de Apneia do Sono: Apneia Obstrutiva do Sono (AOS), Apneia Central do Sono (ACS) e Apneia Mista ou Complexa do Sono. Cada tipo tem caraterísticas diferentes que permitem o seu diagnóstico.

 

Quando não tratados, os doentes que sofrem de DRS têm um risco mais elevado de desenvolverem doenças crónicas graves, como doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. Um número significativo de pacientes com DPOC também sofrem de DRS.

 

A ResMed dá-lhe as ferramentas para fazer o screening dos seus pacientes em caso de distúrbios respiratórios do sono, solicitar um estudo do sono e obter diagnósticos.

Referências

1. Young T, Peppard PE, Gottlieb DJ. Epidemiology of obstructive sleep apnea: a population health perspective. Am J Respir Crit Care Med 2002;165(9):1217-39.
* Uma apneia refere-se a uma pausa na respiração por mais de 10 segundos. Uma hipopneia é definida como uma diminuição do fluxo de ar de pelo menos 30% durante 10 segundos ou mais, com uma dessaturação de oxigénio associada

[myAir]
[myAir]